sexta-feira, 17 de abril de 2009

Comentário - Guardião

"Guardião" é um conto imenso, e ainda não terminado, iniciado a alguns milhares de anos, e sem data pra acabar. "Guardião" conta a história de um dos quatro primeiros Guardiões do Abismo. Conta também como ele se tornou Guardião, e o que esse fardo causou a ele.

GodHunter, um dos quatro, foi quem melhor definiu o que é o Abismo:

"O Abismo é uma metáfora muito utilizada para representar o medo que o homem sente. Toda concepção escatológica da existência humana refere-se a um abismo. Seja o abismo de Pascal, que o acompanhava à esquerda, fazendo-o nunca esquecer que era humano e falível, ou o de Dante, que o classificara como inferno. O Abismo está presente desde sempre em nossos medos e anseios.

O Abismo é o interior da alma humana onde está alojado tudo o que somos medos e certezas. Certezas que somos impelidos a afundar no nosso âmago porque não vivemos sós e não podemos nos dar ao luxo e libertá-las.

O Abismo não é um lugar, e nem um objeto. É aquilo que todos podemos encontrar, mas não cabe a nós dizer nem como, nem onde, nossa função é assegurar de que aqueles que o encontrem o usem com sabedoria, e evitar que aqueles que nunca o encontrarão, o lancem ao esquecimento. Alguns podem considerá-lo como especulação religiosa, um conceito pagão ou abissal. Sempre esteve, o Abismo, acima de todas as religiões, e todas sempre o procuraram, seja na foram do Anel de Nibelungo ou como Graal, mas todas buscaram aquilo que não sabiam.

No abismo, seja ele inferno ou céu, está a resposta de tudo aquilo que sempre perguntamos em vão. Mas infelizmente nem todos conseguem alcançá-lo, e alguns não deveriam. Por isso, por incontáveis eras sempre existiram aqueles que preservavam a sua existência, sua integridade, e garantiam que o Abismo cumprisse o seu propósito.

Desde sempre houve Guardiões, não somos os primeiros, nem os últimos, sempre existiram aqueles que protegiam da humanidade seu maior tesouro, aqueles que lutavam pelo equilíbrio das coisas. Pois nem todo o saber é preciso, a informação é arma nas mãos dos ignóbeis.

Durante séculos protegemos aquilo que a humanidade sabe existir, mas não quer procurar, e aquilo que aqueles que não sabem procuram,...Esse é nosso fardo."

Não é minha intenção converter, pregar, incentivar, quero apenas contar uma história que me foi contada, e que antes foi contada a quem me contou... quero dividir e fazer a lenda viver.


Fiquem com as histórias, fábulas, contos, e espero que apreciem.

Ícaro KAUS Igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Free Domain Name - www.YOU.co.nr!